top of page
  • Foto do escritorEquipe Sinta São Paulo

Mercado de entretenimento e mídia vai faturar US$ 3 trilhões no mundo até 2026.

De Criança Para Criança oferece aos universitários de áreas relacionadas ao segmento, como design e cinema, curso e oportunidade de trabalho remoto para animação 2D.


papel e giz de cera
Desenho Infantil

O mercado de entretenimento e mídia vai alcançar US$ 3 trilhões em receitas no mundo até 2026, segundo a Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia 2022–2026, da consultoria PWC. No Brasil, o setor chegará até 2026 com receitas de US$ 39,9 bilhões e taxa de crescimento anual composta (CAGR, do inglês Compound Annual Growth Rate) de 5,7%, superior à global. O estudo aponta que cada vez mais pessoas dedicam mais tempo, atenção e dinheiro a experiências de entretenimento e mídia imersivas. A previsão é de que o faturamento do cinema seja de US$ 45 bilhões no mundo este ano, conforme a PWC. No Brasil, o segmento vai movimentar US$ 681 milhões em 2026.


A demanda para produção de vídeos para a internet é maior a cada ano. Estudo do Statista aponta que o vídeo se tornou um dos formatos online mais populares, abrangendo desde conteúdo educacional até análises de produtos. Levantamento do SPCine informa que o setor de audiovisual empregava no ano passado no Brasil mais de 200 mil pessoas diretamente e outras quase 300 mil indiretamente, com R$ 3 bilhões pagos em salários fixos e mais R$ 4 bilhões pagos indiretamente em serviços movimentados pelo segmento.

foto de homem pousada
Vitor Azambuja

O programa revolucionário e premiado de ensino De Criança Para Criança (DCPC), está ao alcance de novos e potenciais talentos do audiovisual, alunos universitários que poderão trabalhar para o DCPC. Um dos criadores do programa, Vitor Azambuja, explica que o DCPC está entrando em contato com universidades no Brasil inteiro para oferecer aos estudantes de áreas relacionadas ao segmento, como animação, design e cinema, oportunidade de trabalho remoto em animação 2D. O aluno pode trabalhar quando e a hora que quiser, pois é tudo por job.


“A produção de vídeos e animações é uma das mais promissoras profissão do futuro. A adesão ao projeto está sendo incrível. Criamos uma nova e inovadora plataforma para trabalharmos com os animadores. Ela oferece opções como: edição de áudio, edição de imagens e animação. Estamos muito alinhados com as linguagens de hoje e dos próximos anos”, afirma Azambuja. Ele explicou que os interessados podem se inscrever no link https://studiodcpc.com


O De Criança Para Criança já produziu mais de 1.500 animações a partir das histórias criadas por crianças em sala de aula, além de desenvolver a EncicloKids, um acervo digital de vídeos organizados por categorias e áreas do conhecimento, que escolas e alunos do mundo todo podem acessar e utilizar em sala de aula como material didático e como inspiração para novas histórias. A plataforma tem mais de 70 escolas parceiras e mais de 30 mil crianças participantes.


Sobre o De Criança para Criança


O programa De Criança para Criança oferece um leque de metodologias de educação híbrida para escolas de todo o mundo. Do futuro para a escola, a proposta da startup é oferecer às crianças a oportunidade de serem protagonistas, colocando-as no centro da aprendizagem. Através de uma plataforma simples, os professores são orientados a serem mediadores, fazendo com que os próprios alunos desenvolvam conhecimento sobre temáticas diversas. A partir de discussões, constroem coletivamente histórias, fazem desenhos e gravam locuções relativas às narrativas criadas, que posteriormente serão transformadas em animações feitas pelo DCPC, expandindo os horizontes educacionais.



Fabrício Junqueira - Assessor de Imprensa da Bettini Comunicação.


Equipe Sinta São Paulo!

Comments


bottom of page